• Empresas de tecnologia esquecem 99% de nossas necessidades

    De Shira Ovide, do New York Times

    A tecnologia hoje deveria ser destinada a todos nós, mas as empresas de tecnologia continuam a se concentrar nos nerds que querem aparelhos sofisticados. Peço desculpas por parecer aqui uma velha rabugenta. Mas vou falar muito sobre Andy Rooney e reclamar de gadgets

    Leia mais
  • JBS pagou US $ 11 milhões em resgate a hackers

    De Rachel Lerman, do Washington Post

    O maior fornecedor de carne do mundo confirmou que fez um pagamento a hackers depois que um ataque cibernético ter encerrado algumas de suas operações.

    A JBS, a multinacional brasileira, maior fornecedora de carne do mundo, confirmou ontem (dia 9) que pagou o equivalente

    Leia mais
  • Você agora pode viajar pelo Cosmos... se puder pagar

    De Christian Davenport -  Washington Post

    Após anos de contratempos, o turismo espacial mostra seu potencial à medida que empresas como a Virgin Galactic, Blue Origin e SpaceX contratam aventureiros ricos. O lance subiu rapidamente para US$ 2 milhões, depois US$ 2,2 milhões. Logo atingiu US$ 2,8 milhões e, finalmente,

    Leia mais
  • Mercado de iPhones em 2022 pode chegar a US$ 200 bilhões

    Por Ethevaldo Siqueira

    Um novo relatório da Juniper Research descobriu que as vendas de iPhones renderão mais de US$ 200 bilhões em 2022. Isso representará quase 40% do mercado total de hardware de smartphones, embora o número de dispositivos a serem vendidos naquele ano representará menos de 20% do total

    Leia mais
  • Ataques cibernéticos recrudescem nos Estados Unidos

    De Heather Kelly, do Washington Post

    Agora os alvos são escolas e até os serviços de quimioterapia de hospitais. Depois de anos de avisos, o impacto do ransomware finalmente atinge o alvo das pessoas comuns.

    SÃO FRANCISCO — Pode parecer algo impensável e abstrato: um grupo de criminosos organizados, mas sem

    Leia mais
  • Após 30 anos, a NASA planeja enviar novas sondas a Vênus

    Christian Davenport do  Washington Post

    As missões estudarão a atmosfera e a topografia de Vênus, bem como a evolução da Terra, segundo a NASA.

     

    Por anos, Marte foi a moda na NASA. A agência espacial enviou uma série de rôvers para lá, incluindo o Perseverance, um veículo do tamanho

    Leia mais
  • Trump encerra o blog após 29 dias, enfurecido com a miséria de leitores

    Drew Harwell e Josh Dawsey  do Washington Post

    Aborrecido por estar sendo ridicularizado pelo baixo tráfego, Trump ordenou que sua equipe o retirasse do ar nesta terça-feira

    O blog do ex-presidente Donald Trump está morto, pois estava atraindo menos visitantes dos sites de cachorrinhos, como o serviço de adoção de

    Leia mais
  • 6G: onde o mundo físico e o virtual se tornam um só

    Prof. Luciano Leonel,  INATEL (Instituto Nacional de Telecomunicações), com c ontribuição de Marina Aro, Jornalista formada em Comunicação Social pela Univás, que atua no setor de Assessoria de Comunicação do Inatel desde 2012.


    Imagine estar sentado na mesa de sua casa, tomando seu café da manhã e pensando sobre como

    Leia mais
  • Local de trabalho é onde seu laptop está

    Julia Kollewe, The Guardian

    O trabalho em casa impulsiona a demanda por “espaço shoffice” em jardins do Reino Unido. Conheça os nômades digitais em trânsito. A mudança mundial para o trabalho flexível e doméstico em caso de pandemia levou ao advento de um novo tipo de mochileiro.

    Amantha Scott não

    Leia mais
  • Imaginem: a Livraria Barnes & Noble fechou suas portas. Para sempre

    Ethevaldo Siqueira, com Arnaud Leparmentier, correspondente de Le Monde em Nova York

    Em Nova York, eu passava horas revirando os livros da Livraria Barnes & Noble, uma das mais famosas dos Estados Unidos. Fico triste em comprovar o que era apenas um temor: o e-commerce está matando o comércio tradicional.

    Leia mais
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9
  • 10
Veja mais / Tecla shift carrega tudo carregar tudo

 

newsletter buton

 

 

 


Notas

O crescimento de empresas durante a pandemia

11/05/2020 - Com a pandemia do coronavírus, algumas empresas foram impactadas negativamente e estão sofrendo com alguns problemas. Por outro lado, outras empresas tem crescido e se reinventando com a crise.

A Curseria, plataforma de cursos online que alia educação e entretenimento, é um exemplo de negócio que está crescendo e conseguindo se beneficiar ao ajudar, de alguma forma, as pessoas durante o isolamento social.

No último mês, a procura pelos cursos online da plataforma teve o aumento de 500%, segundo o CEO e cofundador, Danilo Ricchetti.

Leia mais...

SENAI lança dois cursos de Segurança Cibernética

senai_cursos.jpg20/08/2020 - Curso SENAI de Segurança Cibernética Aplicada à Industria 4.0 – voltado para profissionais de todas as áreas da indústria - e Curso Prático de Simulação Hiperrealista – para profissionais mais experientes - estarão no ar a partir desta quinta-feira, 20.

Se a proteção de dados já era tema prioritário antes da pandemia, agora, com o mundo funcionando cada vez mais online, a questão da segurança cibernética tornou-se ainda mais urgente. Sinal disso, por exemplo, é aumento de ataques e exposição de dados de empresas e de internautas que tem acompanhado o crescente uso da internet nesses tempos de isolamento social. Nesse cenário, especialistas em recrutamento e seleção já indicam que o profissional de cibersegurança é uma das profissões em destaque nesse período e que seguirá em alta após a pandemia.

Por isso, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) lança, nesta semana, dois novos cursos em Segurança Cibernética. Um deles, o curso SENAI de Segurança Cibernética Aplicada à Indústria 4.0, de R$ 71,20, estará gratuito pelos próximos 15 dias. Com 40 horas de duração, e 100% à distância, o curso é autoinstrucional e ensina aos profissionais da indústria os principais riscos e cuidados que precisam ser tomados para evitar vulnerabilidades e ataques cibernéticos. O objetivo desse curso é estimular a cultura da segurança cibernética em todos os setores das empresas. As inscrições para o curso podem ser feitas no endereço: https://loja.mundosenai.com.br/

Curso Prático do SENAI reproduz cenários e situações hiper-realistas para preparar profissionais

Outro curso que também entra no ar nesta semana é o Curso Prático de Simulação Hiperealista de Ataques Cibernéticos , que contará com um simulador de última geração , contratado pelo SENAI para utilização em suas ações educacionais. O simulador é um produto nacional, desenvolvido pela empresa RustCon e utilizado pelo Exército Brasileiro e por empresas privadas na capacitação dos recursos humanos para segurança cibernética. Ele conta com plataforma base para exercícios internacionais de CTF (Capture the Flag) envolvendo profissionais e militares de vários países.

O curso tem 40 horas, conta com tutoria e monitoria, e é voltado a pessoas que já tenham conhecimento em segurança cibernética. Um dos grandes diferenciais deste curso é a preparação do profissional através da simulação de ataques cibernéticos, com práticas de defesas e ataques utilizando simulador hiperrealista.

O simulador é considerado fundamental no ensino e treinamento do profissional de segurança cibernética por conseguir reproduzir o comportamento de uma rede de produção, composta por elementos comumente encontrados como a topologia de redes, roteadores, comutadores, firewalls, estações de trabalho e servidores.

Também oferece serviços de rede típicos, como e-mail, servidores web, servidores de arquivos, aplicativos desenvolvidos internamente, entre outros; com seus respectivos dados e tráfego de acesso. As ações ativadas pelos usuários do simulador influenciam diretamente no comportamento deste ambiente virtual, como se estivessem operando em uma rede de produção real.

O curso é totalmente à distância, custa R$ 7,7 mil e as inscrições podem ser feitas no site: https://loja.mundosenai.com.br/. O valor pode ser parcelado em até cinco vezes e existem pacotes para empresas.

Simulador do SENAI treina para ataques cibernéticos em 20 cenários distintos

Ao todo, o simulador conta com 20 cenários que são situações-problema baseadas em casos reais para os usuários executarem ações de defesa e de ataque em diferentes níveis de complexidade e de dificuldade. Para a proteção no espaço cibernético, ataque e defesa são, na prática, dois lados da mesma moeda. Isso ocorre porque o sucesso do invasor depende basicamente das vulnerabilidades encontradas na defesa dos sistemas atacados. Dessa forma, para projetar um sistema de defesa adequado, é necessário que os especialistas estejam atualizados sobre os mecanismos e meios dos ataques cibernéticos existentes.

Para os alunos que já possuem a formação na área de TI, o SENAI está preparando outros novos cursos de aperfeiçoamento totalmente a distância, contemplando o estudo teórico e as práticas realizadas em exercícios no simulador de ataque e defesa cibernéticos. Nesses casos, o acesso ao simulador poderá ser feito de onde o aluno estiver - em sua residência ou na empresa - bastando utilizar uma conexão de internet de ótima qualidade com uma rede privada virtual segura.

LGPD reforça importância do profissional de segurança cibernética

Essa preocupação tende a aumentar por causa das multas previstas para empresas que descumprirem as regras da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais, conhecida como LGPD. A Lei foi publicada no ano passado e a maioria dos seus artigos entrará em vigor a partir de maio de 2021. As empresas estão se adaptando para atuar em conformidade com as novas regras, atualizando os processos internos relacionados às informações de clientes, fornecedores e parceiros e capacitando os seus colaboradores.

Leia mais...

Como garantir a segurança de dados no trabalho remoto?

*Por Wagner Hiendlmayer
07/04/2020 - O impacto mundial da pandemia do coronavírus demandou uma série de adaptações das empresas para garantir a saúde e a segurança de seus colaboradores, clientes e parceiros. Neste cenário de incertezas, o trabalho remoto tornou-se uma medida essencial para combater a rápida disseminação do vírus.

De acordo com recente pesquisa realizada pela consultoria Betania Tanure Associados (BTA), que ouviu 359 empresas brasileiras, quase metade das companhias adotaram o home office como medida preventiva à evolução do COVID- 19 no país. No entanto, o trabalho remoto requer profunda atenção no que diz respeito à segurança de dados. Como podemos garanti-la efetivamente?

O home office, pontualmente para momentos de crise, pode criar circunstâncias de riscos diferentes das enfrentadas no cotidiano das empresas. Companhias que não possuem essa cultura tendem a se preocupar com uma segurança mais perimetral, pois mesmo que haja o consumo de serviços em nuvem ou em provedores externos, o ponto de partida dessas conexões costuma ser mais restrito. Neste cenário, a proteção dos dispositivos (notebooks, smartphones) é essencial, já que esta é a primeira barreira de proteção. O fornecimento de acessos seguros aos sistemas da empresa, por exemplo, também é fundamental, pois impõe criptografia nas camadas de transporte e realiza o controle de acesso aos dados e sistemas.

Leia mais...

Revolução 4.0 é tema da Rosas de Ouro com participação da People+Strategy

12/02/2020 - Com o enredo "Tempos Modernos", a escola de samba paulistana Rosas de Ouro levará para o Sambódromo um dos maiores desafios da humanidade atualmente: a Revolução 4.0. Para desenvolver e adequar essas tecnologias ao Carnaval 2020, a escola está contando com o apoio de várias empresas e de universidades (Instituto Mauá de Tecnologia, Escola Politécnica da Universidade de São Paulo e Centro Universitário FEI). E a People+Strategy, consultoria de estratégia, planejamento e transformação cultural, orgulha-se em participar deste projeto fazendo parte do Comitê de Gestão, sendo responsável pela construção dos relacionamentos entre os diferentes players com a escola de samba, além de fazer a governança do projeto.

Leia mais...

AFRAC lança o Congresso AUTOCOM 2020

27/01/2020 - A AUTOCOM, maior feira de tecnologia para automação do comércio da América Latina, realizada pela AFRAC - Associação Brasileira de Automação para o Comércio, acaba de assinar uma aliança com a Channels' University para realização do Congresso que acontecerá paralelamente a AUTOCOM nos dois primeiros dias da feira, dias 31 de março e 1º de abril de 2020.

A Channels' University é uma divisão da Direct Channel, organização especializada em capacitação e conteúdo, coordenada por seu fundador Pedro Luiz Roccato, executivo que, há mais de 16 anos, lidera delegações de profissionais brasileiros para visitar a NRF Annual Convention, o mais importante evento de varejo do mundo, que acontece anualmente em Nova York.

Leia mais...

SBIAgro Conecta 2019 busca acelerar parcerias em agricultura digital

25/10/2019 - O SBIAgro Conect@ é um evento de parceria e relacionamento empresarial dentro do Congresso Brasileiro de Agroinformática (SBIAgro 2019) para aproximar o mercado, as instituições de pesquisa e participantes do setor de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC), que vai acontecer na Fatec de Indaiatuba (SP), no dia 13 de novembro de 2019.

O Conect@ é voltado a instituições de pesquisa e empresas inovadoras, que buscam avanços por meio de parcerias para o desenvolvimento e uso de novas tecnologias e soluções tecnológicas para o mercado e tem como objetivo facilitar a articulação e relacionamento entre instituições e empresas, ampliando o networking qualificado.

Funciona assim: várias empresas do mundo agro e digital são convidadas a participar junto com investidores e desenvolvedores em TIC. Durante as cinco horas de interação, a programação conta com palestras de empresas âncoras, pitch dos participantes, apresentações de programas de inovação e rodas de conversa. Nesse período é possível conseguir contatos, agendar e conversar com representante de empresa presente que seja de interesse e articular uma possibilidade de parceria.

Leia mais...

CES 2019 e 2018

 
 
  
 
 
 

Vídeos